Total de visualizações de página

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

O de perto de cada um

Conheci um menino que tinha fama de destrutivo. Observei que ele destruia tudo mesmo. Se era a primeira flor do canteiro que estava quase florindo, ele arrancava. Se era brinquedo novo, dali a pouco ele estava em mil pedaços na mão do menino. Abria buracos no meio do caminho, tirava tudo o que tinha nas caixas, arrancava plantas da horta... Enfim, dava trabalho.

Observei também que ele não era destrutivo por raiva ou tristeza. Ele simplesmente era.  Um dia, arrancou o maior girassol do canteiro e ficou concentrado arrancando pétala por pétala e depois destroçando o miolo. Perguntei o que ele estava fazendo:

- Estou vendo o que tem dentro.


terça-feira, 27 de dezembro de 2016

O ecumênico



A tarde de brincadeiras, prévia da Colônia de Férias aconteceu no verão em um quintal de terra. Eu tinha plano A para dia de sol, plano B para chuva leve e plano C para chuva torrencial. Tudo indicava que ia ter tempestade. Comentei com as crianças que tinha mandado um whatsapp para São Pedro peticionando dia de sol. 

João:
- Mamãe, voce tem que mandar é pra todos os deuses da chuva.

Obs. As petições foram deferidas


segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Sobre ratos, biscoitos e a Bebel

Contei que quando eu estava na faculdade de psicologia tinha uma disciplina que estudava o comportamento. Aprendi que se uma pessoa dá um reforço ou uma punição quando outra tem determinado comportamento, isso aumenta ou diminui a probabilidade daquele comportamento repetir. Na faculdade, testávamos a hipótese condicionando ratinhos. Adulta, testei com crianças e ensinei Bebel e João a observarem os condicionamentos operantes da vida.  

Outro dia eu estacionei na frente da loja e desci para pegar uma encomenda. Eu sempre faço todo mundo descer comigo, mas nesse dia estava chovendo, era rapidinho que eu falei que quem quisesse ir comigo, que fosse, quem não quisesse, ficasse.

Bebel:

-"Eu fico!", e pensou um pouquinho. "Mamãe, você quer um biscoito?”